Parceiros

Instituto Português do Desporto e Juventude

O Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P. (IPDJ) tem por missão a execução de uma política integrada e descentralizada para as áreas do desporto e da juventude, em estreita colaboração com entes públicos e privados, designadamente com organismos desportivos, associações juvenis, estudantis e autarquias locais.

 

O IPDJ, I. P., visa dinamizar o apoio ao associativismo, ao voluntariado e promoção da cidadania, à ocupação de tempos livres, à educação não formal, à informação e à mobilidade geográfica dos jovens em Portugal e no estrangeiro.

Federação Nacional de Associações Juvenis

A Federação Nacional das Associações Juvenis, fundada a 10 de maio de 1996, é a estrutura representativa da juventude e do movimento associativo juvenil de base local em Portugal, representando mais de 1000 associações juvenis distribuídas por todos os distritos do país e regiões autónomas, Federações Regionais e Distritais de associações juvenis, e envolvendo cerca de 500 000 jovens direta e indiretamente, entre voluntários/as e dirigentes associativos/as.

 

A FNAJ tem por missão representar as associações juvenis junto dos poderes públicos e políticos, defendendo as aspirações e interesses dos/as e das suas organizações.

Agência Nacional Erasmus+ | Juventude em Ação

A Agência Nacional Erasmus + Juventude em Ação é a estrutura de missão que pretende assegurar a gestão, em Portugal, do Programa Erasmus+ nos domínios da juventude e do desporto, bem como assegurar a gestão e a execução das atividades ainda em vigor do Programa “Juventude em Ação”.

Desta forma a sua missão passa por potenciar o impacto do Erasmus+ na capacitação de jovens para o seu futuro, das organizações e das comunidades, contribuindo decisivamente para diminuição das desigualdades sociais, a valorização da interculturalidade e da educação não formal, o desenvolvimento comunitário e a participação na construção democrática da Europa.

Pelouro da Juventude | Município de Braga

O Município de Braga tem como missão a criação de todas as condições que permitam assegurar aos seus jovens um futuro com autonomia, segurança, iniciativa e responsabilidade. Nesse sentido, a estratégia Municipal para a Juventude assenta em pilares fundamentais como a promoção da participação cívica dos jovens nas dinâmicas socias em que se inserem, ou a sensibilização para estilos de vida saudáveis e cívicos. 

 

Além disso, o Município procura assegurar acompanhamento aos jovens da sua cidade em momentos de escolha e de mudança, tal como aquando da procura do primeiro emprego, através de várias iniciativas de apoio e promoção das capacidades e competências daqueles, nomeadamente promovendo o empreendedorismo, a criatividade e o conhecimento como elementos de desenvolvimento pessoal, profissional e social. Por outro lado, o município não descura o desenvolvimento de actividades recreativas e desportivas que vão de encontro às expectativas dos mais novos, ou até mesmo a criação de actividades para ocupação dos seus tempos livres.